22 dezembro 2006

A falta que ele me faz_ou_Não dá pra botar um pivô?

Estou muito emocionada com o último depoimento da minha prima M., que após meses de um tratamento de canal frustrado de um dos molares, acabou tendo que arrancá-lo.
Um mês depois do acontecido ela me narra o episódio trágico:
_Foi muito triste, cara. Eu me senti como alguém que perdeu um dedo.
_Mas nem dá pra ver! É lá atrás. Você pode sorrir à vontade!
Ela levantou a sobrancelha, com ar de deboche:
_Aé? E se eu resolver dar uma gargalhada?

Exercício de imaginação: O que ela sentiria se tivesse perdido um dos incisivos?

7 comentários:

Carol disse...

Nossa, lendo este post, resolvi contar pra vc algo sobre dentes. Ontem quando cheguei no salão para fazer as unhas, encontrei com minha manicure logo na porta, estávamos conversando quando chega uma mulher e diz para ela, "não vai esquecer do meu horário amanhã hein, quero sair à noite", bom pra mim era um simples comentário, até que, minha manicure me fala "nossa, ela ficou bonita" fiquei curiosa, não me contendo perguntei o por quê, "ela não tem nenhum dos dentes da frente ... não preciso dizer mais nada não é? imagina quanta expectativa na vida desta mulher.

Aztronauta disse...

Com essa nóia toda, provavelmente ela se esconderia na torre mais alta da igreja mais próxima e iria mudar o nome para Quasímodo...

Rafael disse...

B. eu já vi uma ex fazer tanto drama por conta de uma unha quebrada, imagino se perdesse um dente. Por essas que é ex, hehe.
E ó, o bom filho à casa torna.
Bjs

Veridiana Serpa disse...

EXCELENTE!!!!

Veridiana Serpa disse...

B. o seu blog está entre os top 10 melhores blogs de 2006 eleitos no meu blog o Geek Chic... www.geekchic.com.br

feliz 2007!!!

Mythus disse...

Nem me fale... eu to pra tirar 3 molares inclusos. :(

Mesmo assim espero que 2007 seja melhor para todos nós.

Fabiana disse...

E ai como foram as festa de final de ano?