01 abril 2009

Último adeus

Ontem, dei um último adeus ao meu pai.
Estranho demais pensar que alguém que participou de nossa vida e é tão importante para nós vai se tornar apenas uma lembrança.
Gostaria de acreditar em vida após a morte, reencarnação, paraíso, sei lá...isso me deixaria um pouco mais confortada.
Mas o que sinto no momento é só vazio, tristeza e saudade.

27 comentários:

Rosi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Freda disse...

A morte realmente é sempre muito triste. Vazio é uma palavra bem boa para descrever o que sentimos quando alguém que amamos vai embora. Me lembro que quando perdi meu irmão, ficava pensando em injustiça, que Deus estava sendo injusto com minha família, que não merecíamos passar por aquilo, mas quem merece, não é?
Acreditar em vida após a morte me ajuda muito a imaginar o que meu irmão tem feito, como ele está. Espero sempre por uma visita dele e isso me mantém viva. Acredite, se tudo acabasse com a morte, nada faz sentido. Isso sim seria uma grande injustiça.
Muita força para você.
beijos
Freda
www.vidapassadaalimpo.blogger.com.br

Clark disse...

acredite no que for te confortar mais, querida.

vc nunca vai estar errada.

Carol disse...

Isso é sério mesmo ou é 1º de abril?
Se for, sinto muito.
Se não for, pega leve e não brinca com morte de pai não, pelamordedeus!

B. disse...

infelizmente é verdade sim ele faleceu anteontem e foi enterrado ontem...

Ingrith disse...

Essa dor, com o tempo vai dar espaço pra uma lembrança muito gostosa! Força!

Rosi disse...

O amor não salva, mas conforta e faz valer a pena.

Eduardo Otubo disse...

Mô,

Peço desculpas por não poder estar ai contigo neste momento tão difícil.

Um forte abraço pra você e pra sua família, que deus esteja com vocês.

Thiago disse...

Meus pesames pelo Carioca...

Não há nada que se possa falar pra te consolar, só espero que fique bem.

Mande minhas lembranças à sua mãe, e precisando de algo, sabe que pode contar.

Beijos, fique bem.

.Intense. disse...

B, não vou saber oq dizer. Nessas horas, eu sou péssima - nunca perdi alguém pra saber como é, saber confortar. Mas conta com a gente aqui,pra te ler, falar com vc...escreva, se isso for te fazer bem.

Em tempo: tem uma música chamada 'Sonhando' [Mr Gym e Bruno alguma coisa, é o cara do Biquini Cavadão], e o Mr Gym escreveu pro pai, qdo o mesmo faleceu...é linda, confortante. Se quiser, baixa. Ou se preferir, me add no msn que eu te passo, qdo vc estiver on.

Te beijo intenso.
;*

[only_intense@hotmail.com]

Lilly disse...

B,
passei por isso há 2 meses atrás.
Ele existe na sua lembrança, ninguém pode tirar isso de você. E eu não tenho muita certeza mas acho que existe vida após a morte sim, senão isso tudo aqui não faria sentido.

Fique em paz.

Isabella disse...

Sinto muito!
Fique em paz!

Isabella

bjomeliga disse...

Eu sei como é isso e não posso dizer nada pra te confortar. Infelizmente.
Fica bem.

Anônimo disse...

Sinto muito por sua perda.
Que Deus possa confortar vc e a sua familia.
Fique na paz.
Flávia

Thá. disse...

Qrida...
Passei por isso há 11 anos.
Eu tinha 9 de idade.

O tempo mesmo se encarrega disso...Você amadurece,aprende a lhe dar com isso e vê que,de uma forma ou de outra,isso tudo faz parte do ciclo da nossa Vida.
Sim,sentirá falta,saudades mas sabe que aprendi que a falta e a saudade são a maior prova de que ele foi o melhor pai do mundo pra mim e que tudo que ele fez pra mim foi o melhor que ele podia me dar.

O melhor que fiz e que faço é tentar ser uma melhor pessoa pra mim mesma,minha família e até pra ele.Prometi que independente do que eu passasse e passarei,vou vencer sim.
E sempre que lembro dele,lembro Feliz,das coisas boas que ele fez e sempre agradeço por tudo.Tudo mesmo.Mando pensamentos positivos pra que,independente de onde ele estiver,ele receba isso e lembre que eu tô aqui pro que der e vier.

Não há nada que eu te fale agora,que possa te confortar pra valer.

Qualquer coisa,é só falar viu.

Bjoks e fique bem.
Tu tem o mundo aí pra você.

Karla disse...

Sinto muito.
Também passei por isso há 2 anos e meio e sei o quanto é difícil. Esses dias iniciais, com certeza, são os piores. Os dias e as noites são longas e cheios de uma dor que não conseguimos explicar.
O tempo ajuda a passar um pouco essa dor, mas no fundo ficamos sempre com a sensação de vazio inexplicável.
Leio sempre seu blog, mas nunca comento. Hoje quando li, deu nó na garganta, uma vontade de chorar. Lembrei na hora do meu pai e de tudo de bom que vivemos.
Hoje, já consigo falar sem chorar sobre isso, mas, no fundo, é realmente muito difícil administrar a ausência, as lembranças.
O tempo ajuda, mas não supre essa falta que ele me faz.
Espero que você e sua família fiquem bem.
Muita força pra você.

Amanda Santos disse...

Eu não sei muito bem o que dizer.
Na verdade,eu acho que não há muito o que dizer né?

Sei que este deve ser um momento difícil. Muita força pra você. Meus sentimentos.

Se cuida.
Beijo.

Oksana disse...

Sinto muito pela sua perda! Se da convivência com ele vc aprendeu algo - tenho certeza que sim - essa já é uma forma de vida após a morte... Acredito que o maior legado que deixamos na terra está nos sentimentos que despertamos e nos laços que firmamos com as pessoas que cruzam nosso caminho. Com certeza algo permanece.
Beijo

R. disse...

Meu bem, guarda as coisas boas com você. Andei perdendo pessoas recentemente também, não é nada fácil, eu sei.
Fica bem, xuxu. Meus mais que profundos sentimentos.

Adoro-te;

Rafa

Marcelo Rocha disse...

... (força)
Abraço!
Sds!

Rogério disse...

Fiquei sem saber oq escrever, fui e voltei no delete um monte de vezes.

bom.

Força!
Abraço forte!

Vi disse...

Sei bem como é, querida. Já passei por isso. E ó, se precisar e quiser conversar, tamos aí tá. Sinta uma abraço muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito forte aí tá? Beijo.

Carol disse...

Ai meu Deus. Como o post foi em 1º de abril, fiquei em dúvida... Queria que fosse brincadeira.
Que Deus dê a você e sua família muita força para passar por esse momento difícil e que Ele permita que você lembre sempre - e somente - dos momentos mais gostosos vividos junto de seu pai.

Brau disse...

Eu nao sabia disso... Sorry... Acompanhei essa história desde o início... Espero que vc esteja bem... Horrível saber oq dizer numa hotra dessas.

Fique com Deus...

Cavaleiro da Weaver disse...

“You didn’t die alone
You took a part of me
The end of all our plans
(The) end of what we’d be

It boiled down deep inside
until it burned you up
the ignition within reach
your flame just dropped

But you did not wake up and I’m the one
Who’ll walk on through the backyard of the times
When you are my friend

I just don’t know what’s wrong or right
Guess I’m just a bit uptight
And this feeling isn’t right
But I’m lonely tonight

I just don’t know what’s wrong or right
Guess I’m just a bit uptight
And this feeling isn’t right
But I’m lonely

You’re never out of reach
though you are far away
the sun’s coming up again
And on that day
You’ll smile at me and say
That you’ll be back again
Somewhere in my dreams
The biggest ray

That’ll shine on me and lift me up
To wake up in the backyard of the times
When you are my friend

I just don’t know what’s wrong or right
Guess I’m just a bit uptight
And this feeling isn’t right
But I’m lonely tonight

I just don’t know what’s wrong or right
Guess I’m just a bit uptight
And this feeling isn’t right
But I’m lonely”

– Bambix, “Take Heart”, do álbum Leitmotiv, de 1998

Cavaleiro da Weaver disse...

“O mundo está mesmo louco
Pra que te levar assim
Sem ao menos me dar um tempo?
Terminar o que não teve fim

Não dá mais para agüentar
Aonde isso irá chegar?
Por causa de um erro de alguém
Sem um por quê
Se é que existe um por quê!

Parar de me perguntar
Por que aconteceu assim
Muitos passarão por isso
Não quero pensar assim!

Enquanto isso eu vejo aqui
Disposição pra conseguir
Por tudo que ele sonhou
Com um por quê
Sem um por quê?
Se é que existe um por quê!”

– CPM22, “Amigos Perdidos”, do álbum Chegou A Hora De Recomeçar, de 2002

Cavaleiro da Weaver disse...

“When I woke up one morning
I knew the sun would not rise that day
She just stayed away
No more needed for sunlight
A dismal blackness is all around
And you could not be found

And I’m so sorry
For all the things I said to you
And I’ll always remember
The pain in your eyes

You made my youth one long summer
I was so proud of your strength
You can lift a horse with one hand
And I can still visualize the kitchen
And scent the smell the grass you brought in
I felt lost like the pain in my heart

And I’m so sorry
For all the things I said to you
And I’ll always remember
The pain you were hiding your eyes

And I’m so sorry
For all the things I said to you
And I’ll always remember
The tears in your eyes”

– Bambix,
Song For Karin”
, do álbum Out of the Cradle Endlessly Rocking, de 1998