07 março 2007

Sexo é assunto de relevância nacional, companheiros!

E o Lula fez um discurso muito pertinente defendendo o sexo seguro e condenando a hipocrisia da igreja e de uma parcela puritana. Tudo ia correndo bem e o discurso se mantinha num nível educacional e pró-saúde, até que ele concluiu:

_Porque o povo sabe que sexo é uma coisa que todo mundo gosta!

Precisar dessa última colocação, não precisava.
Mas... não é que ele tem razão?

3 comentários:

Aztronauta disse...

Acho que precisava dessa última colocação sim. Se ele não soltasse uma porrada dessas, os falso puritanos do Brasil iriam torcer o nariz e dizer que não era bem assim, que ele tava falando do que não sabia de novo e por aí vai... Dessa forma ele jogou a questão pro povo. Se alguém se levantar para falar contra o que ele disse, vai cair na categoria dos que não gostam de sexo. Por isso que ele falou quase todo mundo. Abraços...

B. disse...

Eu concordo com tudo então. Eu gosto! Eu gosto!
rsrs

Perséfone disse...

Na verdade ele disse "sexo é uma coisa que QUASE todo mundo gosta!" O discurso estava bom até ele soltar que " o sexo é bom mas deve ser ensinado como fazer"!! Acho que a intenção foi falar de orientação sexual, não? Mas tudo bem, tá valendo! O discurso foi bom.

Ah, eu gosto tb! Gosto muuuuito!