05 maio 2008

Pensamentos soltos

Pensava que eu sabia tudo sobre a vida.
pensava que eu tinha certeza sobre a não existência de deus, fantasmas e do diabo,
pensava que minhas tristezas eram as maiores do mundo,
e costumava pensar também que minhas vitórias eram para serem comemoradas por todos
e minhas derrotas seriam motivo de consolo e pesar geral,
pensava que eu sempre estava certa,
e os outros sempre estavam errados.
hoje não sei mais nada.
Minhas tristezas são um grão de areia perto das de tantos outros,
minhas derrotas são só minhas e ninguém vai se condoer com isso
assim como muitos podem até ficarem felizes com minhas vitórias mas elas só emocionarão verdadeiramente a mim.
Eu não estou sempre certa.
Os outros não estão sempre errados.
Eu cresci.

12 comentários:

R. disse...

Sabe Bzita; pode, talvez, parecer que esse comentário não se comunique com o seu post. Mas comunica-se sim. O que tenho pra dizer é: "no creo en brujas, pero que las hay, las hay...". E como hay.

E você não incomoda nunca :)

Bjs

R. disse...

B., não tem sofrimento. Nenhum :)

S disse...

Eu não tenho mais certeza de muitas coisas. Mas uma coisa para mim é muito certa, a minha alegria deve contagiar a todos, da mesma forma que gosto de compartilhar minhas angustias e tristezas. Sem sobrecarregar os amigos, é claro!
É lógico que meus problemas não são os maiores e nem os piores. Mas são meus!
Eu crescí, mas existe uma coisa que nunca vai mudar é que amigo tem que ser parceiro nas horas boas e ruins. E se não houver reciprocidade nua relação, aquela pessoa nunca vai passar de um merco conhecido pra mim.
Beijos a obrigada por ontem. =D

langriss disse...

pois é, a gente cresce e acaba percebendo um monte de coisas, e percebe que o mundo é bem maior do que cabe na nossa cabeça.

Bruno disse...

"Eu cresci", você disse. E disse tudo. Sobra pouco espaço para comentários :)

Oksana disse...

Ai, tão chato crescer. Gostava mais quando eu estava sempre certa. hehehe
Beijos

J. disse...

É, as derrotas são personalíssimas! Percebi ontem! E esse treco de coitadinho só funciona para pessoas bonitas! rs! Fiquei com vergonha de comentar o outro post seu, tava tudo tão intelectual, fazendo analogias com outros textos que prefiri me recolher à minha ignorância!

Anônimo disse...

É MiltoN Nascimento...

J. disse...

um boteco de família!rs

J. disse...

Putz! Me humilharam mais ainda! Nem Milton Nascimento estou reconhecendo, vão caçar minha naturalização!

Kiko disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leon disse...

Seus posts são curtos e interessantes. Mágica?


A frase é do (ironicamente) James Dean, é quase um jeito de vida pra mim.

Beijo