01 agosto 2008

Bem vindo ao Rio

Fui Com a Cake buscar o Ogro no aeroporto e recepcioná-lo em sua primeira incursão ao Rio.
A coisa começou estranha quando eu perdi meu carro no estacionamento do aeroporto e emendou pior quando eu perdi a entrada para Copacabana e nos meti num engarrafamento praticamente paulista. Fechei alguns carros, colei na traseira de umas vans...aquela coisa básica da direção com emoção, afinal, eu praticamente tirei carteira na mesma escola que os motoristas de buggy de Natal...
Sei não, sei não...acho que ele não vai ficar com boa impressão e eu terei que prestar contas com uma moça loira...

7 comentários:

Thiago disse...

As pessoas ainda não entenderam o perigo de andar com vc no Rio... Primeiro foi o Bob, agora o Ogro...

Eu bem me lembro da minha primeira vez no Rio... Foi uma emoção só achar o bondinho.

Eduardo Otubo disse...

Ah! Medo!

E você ainda quer que eu vá praí? :-P

Bibs ° disse...

Ai, deu saudade do Rio.

Ventania disse...

Hehe... uma vez estive por aí e meu motorista andou na contramão em um elevado. Não sei o nome, mas quase morri. Se é que não morri e encarnei de novo e nem tô sabendo. O Rio é assim por causa dos motoristas ou os motoristas são assim por causa do Rio? rsrs

Monicake disse...

Ele gosta de esportes radicais,
nem ficou com (muito) medo
de andar de carro com vc =)
A minha parte da conta vc pode pagar em chopp. :P

Rogério disse...

Mais carinho com os engavetamentos!

eles são otimos para um série de coisas:

Pratica de yoga
partidas de xadrez
trico e bordado

e outras cositas

Esses cariocas sempre tentando copiar agente!

RodOgrO disse...

hahahahahahah

E eu fiquei mto contente (e aliviado) com a carona, viu??? Nem reclamo. Até porque com emoção é mto mais legal. Quando a gente sai vivo, lógico. ¬¬