21 janeiro 2010

Quase tudo, quase...

Com o tempo a gente esquece quase tudo, supera pessoas e fatos passados...
Eu esqueci e superei meu ex-noivo e não guardo mágoas pela pessôua ter ido embora com uma versão mais piriguetchy dessas mulheres-frutas que abundam (com trocadilho, por favor!) por aí.
Mas toda vez que me lembro que ele levou minha colher italiana de tirar sorvete chiquerésima, tenho vontade de matar o FILHODAPUTA.
Tem coisas que não dá para perdoar.

6 comentários:

graziela disse...

É... Ele levou um pouco de glamour junto...

Maria disse...

filho da puta!

já pensou numa busca e apreensão?

Debor@h disse...

hahahha Tem coisas que não tem perdão mesmo! ahha Processa ele mulher!! haha Beijos

۞ Sol disse...

Superar é fácil. As mulheres tem esse poder de transformação da própria vida. Mas esquecer... hiii, acho bemmmm difícil, ainda mais quando roubam NOSSAS coisas!!!!

disse...

HAHHAHAHAAHAH! Essa foi boa!

Amor e outros delírios disse...

É. Tem coisas que são realmente insubstituíveis. Não o noivo, claro, mas a sua colher... rs. Bjs!