23 fevereiro 2010

Esse seu olhar de camaleão

Gente, quem sofre desse problema me desculpe, juro que não é preconceito mas... EU TENHO UM NERVOSO DA PORRA DE CONVERSAR COM GENTE VESGA.
Fui comprar uma calça ontem e a vendedora era um amor de tão simpática, mas ela era vesga de dar dó. E eu, naquele dilema: olho para qual olho? O que está no gato ou que está no peixe?
Estava tentada a fixar o olhar na parede atrás dela e fingir que estava tentando incluir meu amigo imaginário na conversa.
Mas fui firme. Olhava cada hora para um olho de modo que o outro não se sentisse preterido e, no fim, deu tudo certo.

9 comentários:

eutenhoproblemas disse...

Uh! Tenho o mesmo problema, com verrugas

Amanda disse...

kkkkkkkkkkkkk...uma vez fui encontrar um cara com quem papeava na net, nas fotos ele sempre tava se oculos escuros....beleza..qnd cheguei lá, o cara tinha um olho de vidro, ou seja só um olho se mexia...menina,q aflição...inventei uma desulpa e me mandei rapidinho, não sabia se ria ou se sentava de tanta gastura!
kkkkkkkkkk

bjos!

Isadora disse...

Olha, hoje eu tive que fazer retificação de matrícula. A sessão de aluno da minha faculdade é reconhecida pelo nível antológico de ESTUPIDEZ. Assim, coisa de louco, de atirar o recbio pra fora do guichê!
E adivinhe? A mulher era vesga. Pra quem eu falava "moça, eu não quero matéria de quinta, quero de quarta!" Qual dos dois? Um de cada vez? E ela gritava comigo pq eu não decidia!
Horroroso. Traumático.

E ah: adorei aqui!

Oksana disse...

Talvez a solução seja focar num ponto intermediário entre os dois olhos. Mas eu também fico na mesma agonia!

Rueda disse...

Eu só consigo pensar "que pais sacanas..."

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

GENTE VESGA nos mostra que também somos tortos

Maria disse...

a situação mais bizarra que conheci foi: mãe estrábica, pai vesgo (é a mesma coisa, né? enfim, era um pra dentro e outro pra fora), e o filho normal. ainda bem, né?

Carolina disse...

Também morro de aflição e hoje interagi com 2 vesgos. Foi impossível não lembrar deste post e ter vontade de rir.
Bjo

Ventania disse...

ploft... cai de tanto rir. Mas falando sério agora, é verdade, é muito difícil definir para onde olhar. Tem uma funcionária de outra área que é uma gentileza de pessoa e eu sempre fico no dilema de onde olhar. Bjo.