22 junho 2006

Love is in the air_ou_tem uma vaguinha aí?

Depois da aventura com as algemas eu andei meio sumida. Mas, recuperada do episódio, cá estou de volta.
Devo dizer que muita coisa aconteceu nesse meio tempo e terei que ir postando aos poucos. Comecemos então pelo dia dos namorados.
No final de semana antes do fatídico dia, lá fui eu toda serelepe com uma bolsa enoooooooooooorme com o presente do meu amorzinho e minha (nada discreta) mala. Parecia um camelô. Eu realmente não sei como o pessoal do embarque me deixou entrar no avião com tanta tralha...deve ser o espírito do dia dos namorados...saí andando até o local do embarque como um hipopótomo fêmea de tão desajeitada. Acho que no processo de colocar minha mala no bagageiro devo ter nocauteado dois velhinhos e uma criança.
Mas após alguns percalços que não citarei em respeito ao meu querido (só devo dizer que o presente de aniversário dele será um guia de ruas de são paulo. O resto deixo pela imaginação de vocês) foi tudo bem. Ou quase.
Que coisa maravilhosa o amor...mãos dadas, olhinhos brilhando, beijinhos e...shopping cheio, cinema cheio, restaurantes cheios, bancos de praça cheios (!) e...motéis impossíveis de se entrar.
Após cruzar 500Km para comemorar o dia dos namorados, perdemos o sábado numa peregrinação insólita de motel em motel e sempre obtendo a mesma resposta: cheio.
Porra! Ninguém fode em casa não?
No final, desistimos e partimos para casa com a promessa de descontar tudo no final de semana seguinte. Esse sim. Só eu e ele na casa da minha tia na Paulista no dia 17...ops! Eu falei 17? Ai. A parada gay...mas essa história só no próximo post.

4 comentários:

Mythus disse...

Bons e velhos tempos, aqueles em que o carro era mais do que o meio de locomoção até o motel. ;)

Mythus disse...

Ruim era quando aparecia um curioso, mas com os vidros embassados, ninguém via nada mesmo :^D

Hades disse...

Depois que eu te conheci minha vida se transformou em um episódio perpétuo do "Além da Imaginação"... Ainda bem que eu gostava da série.

Anônimo disse...

Keep up the good work
»