06 julho 2008

Questões essenciais sobre o filme da Leila Lopes

Eu assisti o filme da Leila Lopes porque filme pornô é engraçado por pura curiosidade científica e algumas questões se apresentaram:
1. Ela realmente achou que fazer sexo e gritar "me come gostoso, mete, mete" ao mesmo tempo que chama o cara de Bentinho ia fazer com que a história ficasse rodrigueana?
2. Ela sabe o que é depilação?
3. Por que tanto preenchimento labial? Ela queria ficar parecida com a Ana Maria Braga?
4. O ator que contracena com ela é parente do cigano Igor? Porque a presença cênica é a mesma, se ele estivesse comendo uma árvore ou uma boneca inflável ia dar na mesma.
E por último mas não menos importante, por que estes filmes pornôs sempre mostram o cara batendo com o pau na bunda da mulher?

9 comentários:

Monicake disse...

Eu li em algum lugar que ela fez QUESTÃO q a personagem tivesse família, imagino a diferença q isso fez no roteiro.

Thiago disse...

1- Pode apostar que achou. O duro (ui!) é ninguém ter avisado ela de que não fez a menor diferença. Aliás, o detalhe fica por conta do "narrador", imitando o "narrador" de "A Vida Como Ela É", justamente as adaptações para TV dos contos do Nélson Rodrigues.

2- Segundo o Guardião do Estronho, é tudo culpa da campanha pró-amazônia.

3- Tudo o que ela conseguiu foi ficar absolutamente bizarra... Quer dizer, nem a Ana Maria Braga ficou tão ruim.

4- Pau batendo na bunda é falta de sexo oral com final "feliz"... If you know what I mean.

Miss Pittig disse...

hahaha...dei muita risada com esse post, virou moda né ser atriz porno!!! Mas eu vi um trecho do filme e diria: porque não depilar!!!
bjs

Eduardo Otubo disse...

E ela acha que é uma atriz completa agora. Impressionante. Justifica com vários arumentps do por que de se fazer um filme pornô e que este não é apenas mais um, ele tem enredo.

Blá.

Chega de Leila Lopes.

langriss disse...

eu ainda não assisti, mas o hype em torno dessa ex-global-ex-professorinha-Lu foi tão grande que vou até dar uma olhada. quem sabe outras atrizes que estão na geladeira faz algum tempo não resolvam também levar (profissionalmente) uma surra de sulamba em DVD?

Eduardo Otubo disse...

[off-topic]

Respondendo ao seu comentário sobre wall-e no meu post: Tu acredita mesmo nas recomendações / reviews do Globo :-P ? Bom, só pra ter uma segunda (ou terceira) opinião, tem o review do MeioBit, achei muito legal também.

Beijo e bom filme!
(depois me conta o que achou!)

RodOgrO disse...

Cara, vôtifalá que não assisti essa joça. Até porque prefiro a coisa ao vivo. (heh)

MAS também ouvi impressionantes reviews à respeito dessa obra de arte. Deve ser uma maravilha.

Das suas perguntas, sou obrigado a concordar com o Thiago na 1. Não faço idéia da 2. Quanto à 3, talvez tenha sido solicitação do cigano igor (irmão do vampeta, aliás). (heh)
Quanto à 4, cara, precisa presença cênica? Quem presta atenção nisso???
Qto à última pergunta, tbém não faço idéia. Acho que é um recurso de narrativa visual de inferência peniana. Ou não.

railer disse...

também tou curioso, ainda não assisti.

Desiree disse...

Vou ter que assistir! rsrs
Sobre o pau... já me perguntei várias vezes e cheguei a uma resposta técnica, prá dizer que tá duro. Faz um barulhinho: plaft, plaft. Se tivesse mole fazia ploft. rsrs