02 julho 2008

Quando vier:

Esquece a hora, as justificativas, os poréns, o porquê, os alguéns, o juízo e o pudor.
Aproveita e esquece também as tuas roupas.

9 comentários:

Fábio disse...

Vixi... :-P

J. disse...

Assim não dá, se esquecer tanto acabo esqueçendo o caminho! E se esquecer o caminho e tiver pelado eu vou preso! Insesibilidades à parte gostei do post, muito inteligível. Ah, me lembrei de você hoje, eu tenho um amigo ultra-mega-NERD, mas que não usa óculos. Ele faz matemática com física aplicada na USP e já foi até pra NASA. Bjos!

Eduardo Otubo disse...

Orra,

Bastante poético esse seu...

(...)


(!)


(?)


Do que estávamos falando mesmo?

Oksana disse...

Isso aí, abaixo as enrolações, circunlóquios e roupas também!
Beijo

Beta disse...

Adorei!! Bibliobeta!

Monicake disse...

ui!

R. disse...

"Me chegue assim
Bem de repente
Sem nome ou sobrenome
Sem sentir
O que não sente..."

Por toda forma de nudez!

Caliente isso aqui, mulher.

Bjs

Breno disse...

Uia, treim!
(bem no tom dos teus "uais"... rs)

Srta Maus* disse...

Passei aki!!!

Beijos e bom finde ;)