09 janeiro 2006

Pau que nasce torto, morre torto

Como a solidão vinha batendo forte, resolvi dar uma chance a um professor de filosofia que fiquei assim que terminei com meu ex.
Ele me ligou, convidando para assistir "Vinicius" no Estação Botafogo e eu aceitei.
Me arrumei toda serelepe e parti pra zona sul. O filme foi ótimo: recomendo. adorei conhecer mais da personalidade do Vinicius, que deve ter sido uma figura e tanto.
Já quanto ao filósofo...não adianta. Que beijo era aquele? Uma língua mole e babenta...argh!
Não tem jeito: beijar é um talento natural! quem nasceu sem saber beijar, vai morrer assim!

2 comentários:

Pantera disse...

Beijo ruim? Ninguém merece! O cara pode ser perfeito físico e intelectualmente que nao rola...

Anônimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on!
»