14 fevereiro 2008

Estatística

Nada mais ridículo e clichê do que o fim de um amor.
Mas entre cartas rasgadas, copos quebrados,
roupas amassadas e corpos nus,
salvaram-se todos.

3 comentários:

Ingrith disse...

Ainda bem que todos se salvaram!

OgrO disse...

Se salvar é relativo... rsrsrs

Viviane Fortes disse...

Meno male.
Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima!