19 novembro 2008

Hipóteses sobre a burrice

Depois de três dias consecutivos de chuva, eu acordo, vejo que o tempo ainda está estranho apesar de não estar chovendo no momento, saio na rua e me deparo com dezenas de mulheres usando sandálias rasteiras. COMOASSIM!? Não tem um sapato fechado em casa? Sente prazer em mergulhar o pé na água de esgoto?
Diante de tamanha falta de senso crítico, tentei achar uma explicação razoável para o fato e cheguei às seguintes hipóteses:

1. Essas mulheres tiveram deficiência de proteína na infância. A mãe não deu danoninho, aí não desenvolveram bem as sinapses cerebrais, sacumé...

2. Elas comeram cocô. Estavam lá no berço, meteram a mão, acharam cheiroso e mandaram ver.

3. Nasceram de parto normal e a mãe, depois de passar por três ou quatro maternidades públicas sem conseguir se internar, deu à luz na escadaria da Penha e as Fulanas bateram a cabeça e rolaram os 382 degraus.

Foi uma dessas. Certeza.

11 comentários:

Fábio disse...

O problema é que a mãe "danoninho", entende? Daí vira isso...

disse...

eu já acho que é o desespero pelo verão que não chega nunca, que a chuva não passa e qualquer "réstia" é motivo pra tirar as sandálias novas (ou mofadas) do armário... hehehe

Ingrith disse...

Ahhhhh vai que elas são pobrezinhas... sei lá né?

Ana Paula disse...

Ai, hj achei sinceramente que não ía chover e botei minhas sapatilhas lindas. Agora elas estão encharcadas e meus pés estão molhados....

Renata Marques disse...

Ou quem sabe foram as três coisas de uma vez só... ;)

Ótimo blog! Voltarei mais vezes ^^

Venenoso disse...

eu acho q o problema é o calor. Frita os miolos!

Gatam, mas eh um problema do calor do Rio... algumas raxas vêm pra sampa e nao possuem uma bota pra usar no frio daqui!

Fernanda disse...

Aí, maldade! rs

Brau disse...

Ha ha ha! Comeram cocô, COM CERTEZA! Caraca cada vez q eu venho aqui, me arrependo de nao ter vindo antes. Rs.

Beijos!

Calcinha combinando... disse...

Depois de me dobrar de rir, me lembrei que na 2ª feira eu saí de casa e tava sol, aí claro que eu botei uma sandália! A tardinha caiu aquele dilúvio que parou a cidade. E eu tava lá, com minha sandalinha na chuva....
Mas eu JURO que nunca comi cocô; embora minha mãe nunca tenha me dado danoninho, proteína nunca faltou na minha alimentação e, infelizmente, eu nasci de cesárea (e em Botafogo!) rsrsrsrsrsrs
Alivia a minha, vai... Com esse tempo louco às vezes a gente é pego desprevenido mesmo... (Embora eu seja obrigada a concordar que tem MUUUUUUITA sem noção por aí!)
Bjus

Anônimo disse...

Adoro minhas rasteirinas, a partir de que me sinto feliz ninguem tem nada haver com isso.
Não vou deixar de usá-las porque tenho q agradar com pessoas que ficam olhando meus pés, quero é ser feliz e ponto.

Mulherzinha Sim! disse...

Pensei que eu fosse a única maluca que pensava isso quando vê os pés das mulheres molhados de chuva.