01 março 2006

Porque nem só de machos sobrevive a espécie dos humanos-ostra

Um amigo nosso contava que a namorada tem um irmão gêmeo, que se chama R., aí minha dileta amiga T manda a pérola:
_São gêmeos idênticos?

Não, fofa, um é menina outro é menino!
Desculpe, querida T, sei que todos temos nossos momentos produtores de pérolas, mas não pude resistir...devo ressaltar aqui que enquanto conheço vááááários homens que são ostra 100% do tempo, as mulheres tem "Momentos" ostra, que são extremamente fugazes.
Ops! Acho que os homens vão me detonar depois dessa...

5 comentários:

Mythus disse...

Como sou um moço muito religioso e já li Mateus 7:6, vou ficar calado. ;)


no flames. just kidding. B^P

Hades disse...

¬¬

Kingofthefools disse...

Er...hum...o que é fugaz?
Seria um botijão cheio falado às pressas? fu(ll)gaz???

Bom, pelo menos manjo um pouco de ingrêis! 8p

Gostei do seu blog!

Helen Vanessa disse...

Uai! Não poderiam ser gêmeos bivitelinos?
Me desculpe se estiver errada, mas eu tinha 2 amigos que eram gêmeos, do mesmo sexo e não eram idênticos...

Helen Vanessa disse...

É claro que como eu nao li o post na íntegra, só li o primeiro parágrafo e já me meti a comentar, eu sou a prova viva da existência da fêmea da espécie humanos-ostra ...sem comentários...(Se servir de consolo, não sou sempre assim!!!KKKKKKKKKKKKKKKKKK)